Pós Farmácia Clínica Hospitalar

User Avatar
(0 avaliação)
Gratuito
farmacia-hospitalar

OBJETIVO

Geral:
Capacitar o profissional farmacêutico para na competência de prestar um trabalho de excelência no âmbito clínico hospitalar e com isso desenvolver seu papel em uma equipe multiprofissional.

Específicos:
Formar profissionais com conhecimento de atenção farmacêutica, conhecimento e aprofundamento da área clínica hospitalar desenvolvendo trabalho de elaboração e participação de protocolos farmacoterapêuticos, auxiliar e promover desenvolvimento eficaz nos desenvolvimentos de farmacocinética clínica e desenvolver programa de farmácia clínica

PÚBLICO ALVO

Farmacêuticos

SOBRE O CURSO

A reformulação do sistema de saúde brasileiro, com a normatização do SUS em 1990, suscitou a necessidade de elaboração de uma política específica para o setor de medicamentos no Brasil com o propósito de garantir acesso à assistência farmacêutica integral1.

O papel do farmacêutico hospitalar é de suma importância para a implementação do programa de assistência farmacêutica e de atenção farmacêutica. A assistência farmacêutica consiste na avaliação de prescrição com o intuito de diminuir os riscos de erros referentes a dose prescrita, via de administração, concentração e até mesmo auxiliar na troca de medicamento. Com a assistência farmacêutica, o profissional farmacêutico consegue atuar em conjunto com o corpo clínico e outros profissionais melhorando assim a assistência prestada e com isso auxiliando a equipe multidisciplinar2,3.

A farmácia clinica chegou no Brasil timidamente, porém alguns hospitais colocaram esse modelo em prática. O primeiro serviço de farmácia clinica foi implementado em 1979 em Natal no Rio Grande do Norte4.

No brasil após a estruturação e a consolidação da Farmácia Hospitalar, o farmacêutico passou a ter destaque e se enquadrar em determinadas funções para o exercício da farmácia clínica. As funções do farmacêutico no exercício da farmácia clínica são5:

•Participação e elaboração de protocolos farmacoterapêuticos;
•Desenvolvimentos de programas eficazes em farmacocinética clínica;
•Participação em programas de farmacovigilância;
•Desenvolvimento de programas em farmácia clínica;
•Desenvolvimento em programa de suporte nutricional.

O profissional farmacêutico não deve ser visto somente como um dispensador de medicamento e ele deve realizar acompanhamentos farmacoterapêuticos com qualidade e eficácia. E com isso ser o responsável por avaliar os resultados obtidos pelos diferentes medicamentos, e podendo detectar os possíveis efeitos adversos, e o mais primordial acompanhar se os objetivos farmacoterapêuticos realizados trará as respostas esperadas

DISCIPLINAS

Para acessar as disciplinas do curso, clique em Download.

Detalhes do Curso

  • Duração 360 horas
  • Modalidade Presencial
  • Coordenação Profa. MSC. Erica Velloso Pennaforte & Prof. MSC. Carlos Candido Santos Júnior

  • Campus Campo Grande

Gratuito
error: O conteúdo está protegido!